Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

fado positivo

Porque não estamos condenados a ver sempre o copo meio-vazio, aqui só se destaca o copo meio-cheio

fado positivo

Porque não estamos condenados a ver sempre o copo meio-vazio, aqui só se destaca o copo meio-cheio

INE:

As saídas de bens aumentaram 8,3% e as entradas de bens diminuíram 6,5% no trimestre terminado em julho de 2012, face ao período homólogo de 2011 (maio de 2011/julho de 2011), o que determinou um desagravamento do défice da balança comercial no montante de 1 887,1 milhões de euros.

Resultado: a taxa de cobertura no comércio de bens saltou para os 85,7%.

E isto acontece numa altura em que o petróleo (provavelmente o bem que mais desequilibra a nossa balança) esteve ao preço mais alto de sempre em euros!

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Miguel Carvalho 26.09.2012 19:08

    O que eu li foi que o ouro foi responsável por 9% da subida... ou seja em vez da subida de 8,3% teria sido 7,5% ou assim. Ou seja, contar ou não com o ouro não muda muito a coisa.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.