25
Mar 13

Prestação da casa desce e desce

INE:

A prestação para os empréstimos para compra de casa, bem com os juros implícitos, bem como os juros dos empréstimos acabados de fazer,  continuam a descer.

"A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação fixou-se em 1,483% em fevereiro, o que se traduziu numa redução de 0,054 pontos percentuais (p.p.) relativamente à taxa observada no mês anterior. A prestação média vencida para a globalidade dos contratos situou-se em 261 euros, diminuindo 2 euros comparativamente com o valor observado no mês de janeiro.
Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, a taxa de juro implícita diminuiu 0,049 p.p. relativamente à taxa observada no mês anterior, tendo-se fixado em 3,247%."

publicado por Miguel Carvalho às 12:53 | comentar | favorito
tags:
26
Abr 12

Confiança sobe em toda a linha, prestação da casa desce

INE

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação fixou-se em 2,608%, em março, diminuindo 0,079 pontos percentuais (p.p.), comparativamente com a taxa observada em fevereiro. A prestação média vencida baixou dois euros, fixando-se em 293 euros. Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, a taxa de juro implícita foi 4,425%, menos 0,014 p.p. que no mês precedente, enquanto a prestação média vencida se fixou em 391 euros (menos 4 euros que em fevereiro).

 

INE

O indicador de clima económico recuperou ligeiramente em março e abril (...) suspendendo o acentuado perfil descendente observado desde outubro de 2010. No mês de referência, os indicadores de confiança da Indústria Transformadora, do Comércio e dos Serviços aumentaram, enquanto o indicador da Construção e Obras Públicas voltou a diminuir.
O indicador de confiança dos Consumidores aumentou entre fevereiro e abril, contrariando o movimento negativo observado desde finais de 2009.

publicado por Miguel Carvalho às 12:46 | comentar | favorito
30
Ago 10

Empréstimos para habitação em Portugal batem recordes e voltam a ser os mais baratos da Zona Euro

Diário Económico

(...) no conjunto dos 16 países, Portugal é que cobra menos pelo crédito à habitação há 11 meses.

Segundo os dados do Banco Central Europeu, a taxa de juro média praticada pelos bancos portugueses nos empréstimos para a compra de casa, aplicada em Junho - últimos dados disponíveis - fixou-se em 1,84%. Este é o valor mais baixo alguma vez cobrado em Portugal e o menor no conjunto dos 16 países da área do euro, o que se repete desde Agosto do ano passado.

Em Junho, a média da Zona Euro fixou-se 3,83%, mais do dobro face aos 1,84% cobrados em Portugal.

publicado por Miguel Carvalho às 12:24 | comentar | favorito
tags:
29
Mar 10

Juros caem pelo 14º mês consecutivo

Segundo o INE, as taxas de juro pagas nos créditos à habitação voltaram a cair em Feveiro, e pelo 14º mês consecutivo. A taxa média é agora de 1,87%. A amortização do contrato-tipo é agora de 251 euros por mês, uma fortíssima queda dos 369 de Dezembro de 2008.

publicado por Miguel Carvalho às 13:19 | comentar | favorito
tags:
01
Mar 10

Juros para habitação batem novo record

Segundo o INE, a taxa de juro dos novos contratos de crédito à habitação bateram mais um mínimo histórico, atingindo o valor mais baixo desde que há dados. Em Janeiro, os novos contratos tiveram em média uma taxa de apenas 1,919% o que corresponde a uma descida de 4,057p.p. desde o ano anterior

publicado por Miguel Carvalho às 18:29 | comentar | favorito
tags:
30
Out 09

Prestação da casa volta a descer

Segundo o INE, a prestação-tipo de um empréstimo para compra de casa voltou a cair. Neste caso caiu mais 5 euros (de 263 euros) em apenas um mês. Uma redução de quase 2%!

publicado por Miguel Carvalho às 15:38 | comentar | favorito
tags: