26
Mar 12

Jovens portugueses acima da média em capacidade informáticas

Eurostat

O Eurostat acabou de publicar um relatório sobre os conhecimentos informáticos dos europeus, e os jovens portugueses ficam bem na fotografia. Quando perguntados se já usaram o computador, 98% deles diz que sim, acima da média europeia de 96%.

Se sabem fazer operações básicas com ficheiros, 96% responde que sim, longe dos 89% dos europeus.

E fazer contas nos programas de folhas de cálculo (como o LibreOffice Calc, ou o MS Excel), 78% dos portugueses sabe, mas apenas 67% dos europeus faz o mesmo.

Apresentações no computador? Portugueses 78% sim, média europeia, apenas 59%.

Se olharmos para a população adulta em geral, os valores nacionais já não são tão positivos, ficando em geral ligeiramente abaixo da média. Se compararmos contudo com os países economicamente mais próximos, Espanha, Itália e Grécia, os portugueses ficam sempre em primeiro ou segundo lugar nos inquéritos.

publicado por Miguel Carvalho às 12:54 | comentar | favorito
05
Nov 10

Número de famílias com internet de banda larga sobe 28% em dois anos

INE:

Há dois anos nem 2 em cada 5 dos agregados domésticos portugueses tinha internet de banda larga, hoje são mais de metade, para ser concreto um aumento de 28%. O numero de famílias com computador também subiu neste período, mais 19%, sendo agora 60% do total.

publicado por Miguel Carvalho às 18:28 | comentar | favorito
04
Nov 10

Aumenta número de empresas com página online

INE:

Há um ano eram 47%, segundo o relatório de hoje são já 52% as empresas (com mais de 9 de trabalhadores) a terem uma página online. Subiu também o uso de e-mail, o número de ligações de banda larga (já atinge 83% do total), e a utilização de computador já ultrapassa os 97%.

publicado por Miguel Carvalho às 13:33 | comentar | favorito
10
Nov 09

Pondo as boas notícias em dia

INE:

Indicador de clima económico e indicador de confiança dos Consumidores mantêm os movimentos ascendentes desde Abril consecutivamente.

 

Variação homóloga do Volume de Negócios no Comércio a Retalho menos negativa, sendo que as remunerações no comércio subiram 4%.

 

95,3% das empresas com dez e mais pessoas ao serviço utilizaram computador e 92,7% dispunham de acesso Internet.

 

56% dos agregados domésticos tinham acesso a computador em casa, 47,9% dispunham de ligação Internet. Em termos de posse de computador houve um aumento dos 49,8% para 56% em apenas um ano! A banda larga saltou de 39,3% para 46,2% em apenas um ano também.

 

Com as importações a terem um comportamente bem pior que as exportações, houve um desagravamento do défice da balança comercial em 1 489,6 milhões de euros.

publicado por Miguel Carvalho às 22:40 | comentar | favorito