02
Out 17

Portugal com das maiores quedas de desemprego na Europa

desemprego.png

Eurostat:

Portugal teve das maiores quedas na taxa de desemprego na UE de agosto de 2016 para agosto de 2017. Enquanto na Zona Euro o desemprego caía 0,8 pontos percentuais, e 0,9 pontos na UE28, Portugal teve uma queda de 2,0, correspondendo a quase 100 mil pessoas que saíram do desemprego.

O resultado está visível no gráfico: Portugal depois de anos acima da média, tem agora uma taxa de desemprego abaixo da média da Zona Euro.

publicado por Miguel Carvalho às 17:03 | comentar | favorito
09
Nov 16

Mais 59 mil empregos, de um trimestre para o outro

INE:

Segundo o INE, o desemprego em Portugal continua a cair rapidamente. Do 2º para o 3º trimestre a economia portuguesa tem mais 59 mil pessoas empregadas. E isto são números líquidos, ou seja é o número de pessoas que passou a ter emprego, menos as que o perderam. A taxa de desemprego ficou então nos 10,5%, valores que já não eram vistos há 7 anos.

publicado por Miguel Carvalho às 14:25 | comentar | favorito
26
Ago 16

20,2% dos desempregados portugueses encontraram emprego - quarto valor mais alto na UE

Eurostat:

Segundo dados acabados de publicar do Eurostat, Portugal foi o país europeu com a quarta maior percentagem de pessoas a conseguirem sair do desemprego no primeiro trimestre de 2016 (últimos dados disponíveis). 20,2% das pessoas que se encontravam em situação de desemprego no fim de 2015, tinham emprego no fim do 1º trimestre de 2016. Este foi o quarto valor mais alto na UE, onde a média foi de 15,4%, com Grécia a ter apenas 4,3%, Espanha 16,1% e Itália 12,8%.

publicado por Miguel Carvalho às 12:14 | comentar | favorito
28
Nov 14

Portugal com maior queda do desemprego na Zona Euro

Eurostat:

O Eurostat fez a colecta dos dados do desemprego dos 28 estados-membros relativos a outubro, e Portugal salta à vista. Entre os países da Zona Euro, teve a maior queda na taxa de desemprego face ao mês homólogo. Foram menos 2,2 pontos percentuais, bem acima dos -0,4pp da média da Zona Euro.

Com esta evolução positiva, Portugal está prestes a sair do Top 5 da UE com mais desemprego, visto ter agora 13,4% de desemprego, enquanto a Itália (que teve um aumento anual de 0,9pp) está perto com 13,2%. O Top 5 continua a ser liderado pela Grécia e Espanha, com 25,9% e 24,0% respectivamente.

No caso do desemprego jovem, a melhoria em Portugal foi ainda mais forte, com -3,8pp na taxa de desemprego, face aos -0,5pp da Zona Euro.

publicado por Miguel Carvalho às 12:16 | comentar | favorito
31
Out 14

Desemprego em Portugal é o segundo que mais cai na Europa

Eurostat:

Há já largos meses que o desemprego tem vindo a cair, mas não é uma queda qualquer. Já houve vários relatórios em que o Eurostat destaca Portugal como tendo das maiores quedas da taxa de desemprego na Europa. Voltou a suceder hoje porque Portugal teve a segunda melhoria mais forte, depois da Hungria:

Compared with a year ago, the unemployment rate fell in twenty-one Member States, increased in six and remained stable in Belgium. The largest decreases were registered in Hungary (10.0% to 7.6% between August 2013 and August 2014), Spain (26.1% to 24.0%) and Portugal (15.7% to 13.6%).

publicado por Miguel Carvalho às 12:14 | comentar | favorito
01
Set 14

Portugal continua a ser o país europeu com maior queda de desemprego

Eurostat:

Já tinha acontecido antes, voltou a acontecer: em comparação com Julho de 2013, Portugal teve a maior queda da taxa de desemprego na UE. Foram 2,3 pontos percentuais de diminuição, comparadas com uma queda média de 0,4pp. Espanha e Irlanda também tiveram quedas, mas de 1,7 e 1,6pp apenas. A Itália teve até uma das maiores subidas, de 0,5 pp.

O desemprego cá está agora nos 14,0%, bem abaixo dos 27,2% da Grécia e 24,5% da Espanha. Portugal, que esteve no top dos países durante vários anos, está aliás prestes a sair do Top5 se se mantiver a actual tendência.

 

publicado por Miguel Carvalho às 11:38 | comentar | favorito
05
Ago 14

Maior criação de emprego desde que há registos

INE e JNegócios:

Desde 1998 que o INE regista o número de empregos em Portugal a nível trimestral - e nunca tinha sido observado um trimestre tão bom como o segundo trimestre deste ano. Face ao trimestre anterior foram criados 87,7 mil empregos em termos líquidos, um valor jamais atingindo. Só num trimestre, a taxa de desemprego caiu 1,2 pontos percentuais.

As boas notícias não se devem assim à emigração ou à saída de pessoas da população activa. Se fosse este o caso poderíamos ver uma descida de desemprego, mas não uma subida nos empregos. Não foi o que aconteceu de todos.

E as boas notícias também não se explicam pela chegada do verão e dos empregos sazonais. É que se compararmos os números com o 2º trimestre do ano passado também temos uma fortíssima queda no desemprego, menos 2,5 pontos percentuais, de 16,4% para 13,9%.

 

publicado por Miguel Carvalho às 15:00 | comentar | favorito
31
Jul 14

Maior queda do desemprego foi em Portugal

Eurostat:

Portugal anda há meses a seguir uma queda abrupta e constante do desemprego. Os dados do desemprego na UE saídos hoje, referentes a Junho, mostram que Portugal volta a ser o país onde a taxa mais caiu em toda a UE face ao mês homólogo. Foi uma queda de 2,5 pontos percentuais, bem melhor que os 1,8pp da Irlanda, 1,7pp da Espanha, uma ligeira subida em Itália e uma aparente (faltam dados) manutenção na Grécia.

publicado por Miguel Carvalho às 12:28 | comentar | favorito
03
Jun 14

Em abril, Portugal teve a maior queda homóloga no desemprego na Europa

Eurostat:

Segundo os dados do Eurostat, o desemprego tem vindo a recuar lentamente na UE. Portugal salta contudo à vista nesta redução. Enquanto a queda homóloga foi de apenas 0,5 pontos percentuais na Europa (e apenas 0,3 na zona Euro), Portugal reduziu 2,7 pontos.

Com este desenvolvimento, Portugal está cada vez mais longe da Espanha, da Grécia e do Chipre. Enquanto Portugal tem uma taxa de desemprego de 14,6%, estes têm taxas de 25,1%, 26,5% (dados de Fevereiro) e 16,4%.

 

Algo semelhante se passa com o desemprego jovem. Na Zona Euro, este baixou apenas 0,4 pontos desde abril passado, em Portugal a queda foi de 4,2%. Também aqui, Portugal teve a maior queda de todos.

 

publicado por Miguel Carvalho às 12:28 | comentar | favorito
15
Abr 14

Regiões portuguesa escapam a desemprego elevado

Eurostat:

O Eurostat publica hoje os dados sobre o desemprego a nível regional na UE. Definindo as regiões mais afectadas pelo desemprego, como aquelas que têm mais do dobro da média do desemprego comunitário, o relatório mostra que tanto a Espanha, como a Itália, a Grécia e França têm regiões (27 no total) nestas condições. Mesmo a região portuguesa em pior situação, a Madeira, está a 3,3 pontos percentuais desta barreira psicológica.

 

publicado por Miguel Carvalho às 12:56 | comentar | favorito