27
Nov 14

Há mais de 12 anos que os portugueses não estavam tão confiantes numa melhoria

INE:

Deveria estar a fazer manchetes, mas não está. O indicador de confiança dos consumidores do INE saiu há pouco, e revela um resultado surpreendente:

O indicador de confiança dos Consumidores aumentou em novembro, atingindo o valor mais elevado desde maio de 2002 e prolongando a acentuada tendência ascendente observada desde o início de 2013.

O INE destaca ainda:

A recuperação do indicador de confiança dos Consumidores 1 no último mês deveu-se ao contributo positivo de todas as componentes, sobretudo das expetativas sobre a evolução da situação económica do país.

As outras componentes ascedentes a que se refere o INE, são indicadores como expectativas sobre a situação financeira da família, desemprego, poupança, etc.

publicado por Miguel Carvalho às 12:54 | comentar | favorito
28
Nov 13

Há três anos que os portugueses não estavam tão confiantes

INE:

Depois de ter batido no fundo no início do ano, a confiança dos consumidores portugueses não para de subir. É preciso recuar até outubro de 2010 para encontrar um mês onde os portugueses estivessem mais optimistas do que em novembro de 2013. Segundo o INE isto deve-se acima de tudo pela esperança na melhoria da evolução do emprego e da situação económica do país.

Mas não são só as pessoas que estão mais optimistas, as empresas também. Também aqui é preciso recuar mais de 2 anos para encontrar um mês com menos confiança. E como sublinha o INE,  não se trata de algo esporádico ou localizado:"nos últimos cinco meses observaram-se aumentos dos indicadores de confiança em todos os setores, Indústria Transformadora, Construção e Obras Públicas, Comércio e Serviços."


publicado por Miguel Carvalho às 11:08 | comentar | favorito
30
Mai 12

Clima económico e confiança dos consumidores continuam a subir

INE:

O indicador de clima económico recuperou ligeiramente entre março e maio (...) No mês de referência, os indicadores de confiança da Indústria Transformadora e dos Serviços aumentaram (...).
O indicador de confiança dos Consumidores aumentou entre fevereiro e maio, contrariando o movimento descendente observado desde finais de 2009.

 

publicado por Miguel Carvalho às 12:29 | comentar | favorito
26
Abr 12

Confiança sobe em toda a linha, prestação da casa desce

INE

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação fixou-se em 2,608%, em março, diminuindo 0,079 pontos percentuais (p.p.), comparativamente com a taxa observada em fevereiro. A prestação média vencida baixou dois euros, fixando-se em 293 euros. Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, a taxa de juro implícita foi 4,425%, menos 0,014 p.p. que no mês precedente, enquanto a prestação média vencida se fixou em 391 euros (menos 4 euros que em fevereiro).

 

INE

O indicador de clima económico recuperou ligeiramente em março e abril (...) suspendendo o acentuado perfil descendente observado desde outubro de 2010. No mês de referência, os indicadores de confiança da Indústria Transformadora, do Comércio e dos Serviços aumentaram, enquanto o indicador da Construção e Obras Públicas voltou a diminuir.
O indicador de confiança dos Consumidores aumentou entre fevereiro e abril, contrariando o movimento negativo observado desde finais de 2009.

publicado por Miguel Carvalho às 12:46 | comentar | favorito
29
Mar 12

Indicador do clima económico sobe, confiança na indústria e comércio sobe, confiança dos consumidores sobe

INE:

O indicador de clima económico recuperou ligeiramente em março (...) suspendendo o acentuado perfil descendente iniciado em outubro de 2010. No mês de referência, os indicadores de confiança da Indústria Transformadora e do Comércio aumentara (...).
O indicador de confiança dos Consumidores recuperou nos últimos dois meses, contrariando o movimento negativo observado desde finais de 2009.

publicado por Miguel Carvalho às 10:49 | comentar | favorito
30
Set 10

Clima económico no máximo de 2 anos, e confiança de consumidores acelera

INE:

O indicador de clima económico estabilizou nos últimos três meses no valor mais elevado desde Setembro de 2008 (...). Em Setembro observou-se uma recuperação dos indicadores de confiança da Indústria Transformadora e dos Serviços (...).

Nos últimos dois meses, a recuperação do indicador de confiança dos Consumidores resultou do contributo positivo de todas as componentes, mais significativo no caso das expectativas sobre a evolução da situação económica do país.


publicado por Miguel Carvalho às 15:55 | comentar | favorito
30
Ago 10

Consumidores confiantes na recuperação económica, clima económico no máximo de 2 anos

INE:

O indicador de confiança da Indústria Transformadora voltou a aumentar no mês de referência, prolongando a acentuada trajectória ascendente iniciada em Março de 2009 e registando o valor mais elevado desde Setembro de 2008.

Em Agosto, a recuperação do indicador de confiança dos Consumidores resultou do contributo positivo de todas as componentes, mais expressivo no caso das expectativas sobre a evolução da situação económica do país.

O indicador de clima económico estabilizou (...) no valor mais elevado desde Setembro de 2008.

publicado por Miguel Carvalho às 17:07 | comentar | ver comentários (1) | favorito
30
Mar 10

Resumo do dia do INE

1. O indicador de clima económico aumentou em Março, graças aos  indicadores de confiança relativos à Indústria Transformadora, ao Comércio e aos Serviços. No comércio, a confiança está no ponto mais alto dos últimos dois anos. A confiança dos consumidores, embora tenha baixado, continua mais alta do estava há dois anos, ou seja antes do período mais forte da crise internacional.

 

2. O volume no comércio a retalho continuou a subir em Fevereiro. Destaque para as remunerações no comércio que subiram 2,7%.

 

3.Produção industria acelera em Fevereiro. Depois de o índice de P.I. ter crescido (crescimento homólogo) 1,4% em Janeiro, cresceu ainda mais em Fevereiro: 2,6%.

publicado por Miguel Carvalho às 14:18 | comentar | favorito
30
Set 09

Indicador de clima económico e indicador de confiança dos Consumidores aumentam há vários meses consecutivos

O INE dá especial destaque à confiança dos consumidores onde diz que a subida foi intensa nos últimos dois meses. A apreciação da situação financeira dos agregados familiares está no valor mais alto dos últimos dois anos.

No clima económico, só houve um sector onde os indicadores de confiança não subiram.

publicado por Miguel Carvalho às 16:01 | comentar | favorito
28
Ago 09

Confiança dos consumidores e clima económico sobem há vários meses consecutivos

A confiança dos consumidores portugueses emJjulho não estava tão alta há 2 anos. O mesmo se aplica à apreciação da situação financeira da família.

A confiança subiu em todos os sectores económicos excepto um. Na indústria transformadora os indicadores de produção actual, procura global, procura interna, procura externa e de produção prevista sobem há vários meses consecutivos. O mesmo se aplica a todos os indicadores do comércio (confiança, vendas, actividade prevista, etc.).

 

Fonte INE

publicado por Miguel Carvalho às 12:35 | comentar | favorito