30
Abr 13

Um quarta da energia consumida em Portugal é renovável, um dos valores mais altos na Europa

Eurostat

Em 2011 24,9% da energia total consumida em Portugal veio de energias renováveis. Está em causa não apenas a electricidade (aqui, a percentagem do renovável é bem maior), mas também os combustíveis para transportes e aviação, gás para a indústria, etc.

Este valor foi dos mais altos da Europa, cuja média foi apenas de 13,0%. Portugal foi aliás o 6º país com mais energia renovável, apenas atrás de Suécia, Letónia, Finlândia, Áustria e Estónia. E apesar de em 2004 (o ano mais afastado que consta do relatório) já ter uma posição bem acima da média - havendo por isso menos espaço para crescimento - Portugal teve um bom desempenho, tendo tido uma subida de 5,6 pontos percentuais da quantidade de energia renovável, um crescimento também ele acima da média.

publicado por Miguel Carvalho às 11:56 | comentar | favorito
09
Nov 12

Portugal é um dos campeões das energias renováveis

Eurostat:

O último relatório europeu sobre energias renováveis põe Portugal num pedastal em várias áreas. Pegando em toda a energia final consumida no país, ficamos a saber 24,6% tem como origem fontes renováveis (em 2010, últimos dados disponíveis). São poucos os países que ultrapassam Portugal, o que pode ser visto comparando com a média europeia: apenas 12,5% (metade!) da energia tem origem renovável.

Se nos focarmos apenas na electricidade consumida, então Portugal tem mais do dobro da média europeia: 41,2% contra 19,6%. Há apenas três países (Suécia, Áustria e Letónia) com uma posição melhor que Portugal. Espanha fica nos 29,5%, Grécia 11,9% e Itália nos 20,1%.

 

publicado por Miguel Carvalho às 11:26 | comentar | ver comentários (2) | favorito
tags:
20
Jun 12

Portugal no Top5 dos países com mais energias renováveis

Eurostat:

O Eurostat destacou Portugal no seu último relatório sobre energias renováveis. Diz o Eurostat que Portugal está entre os países onde é mais alta a percentagem de energia bruta final consumida que provem de fontes renováveis. Em 2010, o nosso país teve 24,6%, o dobro da média europeia que foi apenas de 12,4%.

publicado por Miguel Carvalho às 10:58 | comentar | favorito
tags:
11
Abr 11

Portugal é o país europeu que mais lutou contra a dependência do petróleo

O Eurostat divulgou um relatório sobre as fontes de energia na Europa. O texto destaca Portugal como tendo tido das melhores evoluções em termos de utilização de energias renováveis de 1999 até 2009. O Eurostat diz que a proporção da energia final (não apenas a eléctrica) proveniente de fontes renováveis, subiu de 13% para 19% do total em Portugal.

Mas o que chama mais a atenção é a queda abrupta da dependência de Portugal face aos produtos petrolíferos. Nestes dez anos, no que toca ao peso do petróleo na energia total consumida, a Europa apenas diminui 2,6 pontos pontos percentuais. Portugal teve uma diminuição de 13pp, ficando à frente de todos os outros países europeus, ficando agora pelos 50,5%.

publicado por Miguel Carvalho às 15:35 | comentar | favorito
22
Nov 10

Portugal é o 5º na UE a usar mais energias renováveis no total

Eurostat:

Todos sabemos que Portugal tem uma elevada percentagem de energia eléctrica proveniente de fontes renováveis. Mas não é disso que este relatório trata. Ele fala das fontes renováveis no consumo final bruto de energia, ou seja contando com todos os consumos energéticos possíveis. Um acrescento importante nesta análise total é o sector dos transportes, por exemplo.

Em Portugal 23% do consumo final de energia provem de fontes renováveis, mais do dobro da média europeia que pouco passa dos 10%. À frente de Portugal, vêm apenas a Suécia, Finlândia, Áustria e Letónia.

publicado por Miguel Carvalho às 11:08 | comentar | favorito
05
Nov 10

Carros portugueses são os segundos com emissões mais baixas

Fonte Transport&Environment:

A Transport&Environment faz todos os anos um levantamento das emissões de CO2 dos carros comprados nos vários países da UE. No relatório acabado de sair, referente a 2009, Portugal fica em segundo lugar nos carros com emissões mais baixas. Os carros novos de Portugal e França emitem uma média de 134g/100km, enquanto a média é de 145,7 e na Letónia é de 177.

 

Tal como aconteceu em anos passados em que Portugal ficou em primeiro lugar, volta a escrever-se por aí que este excelente prestação se deve ao baixo poder de compra dos portugueses. É pena que quem avance com esta teoria dos desgraçadinhos não explique também o que estará a França, a Itália e a Dinamarca a fazer no TOP5, enquanto a Letónia, a Bulgária e a Estónia estão no fundo da lista.

publicado por Miguel Carvalho às 21:12 | comentar | favorito
15
Out 10

Portugal tem dos impostos mais amigos do ambiente

A OCDE fez um levantamento da componente ambiental na carga fiscal dos países desenvolvidos, a propósito de um relatório onde é defendido que esta componente deve ser aumentada, por levar a inovação na área das tecnologias verdes.

Dos impostos portugueses, 2,62% são de natureza ambiental, o que contrasta com a média da OCDE de apenas 1,58%. Portugal fica assim em 9º lugar entre os 33 países analizados.

publicado por Miguel Carvalho às 14:04 | comentar | favorito
tags:
14
Out 10

Pegada ecológica de Portugal desce desde 1995

A WWF publicou hoje o seu relatório sobre a pegada ecológica do mundo. A pégada ecológica é uma medida da sustentabilidade de um país, quanto mais alta for menos ecologicamente insustentável é o padrão de usos dos recursos naturais nesse país. Mais do que números, é importante ver o gráfico sobre a evolução da nossa pegada.

Pode ver-se que o valor de Portugal cai de um modo consistente desde 1995, contrariando a tendência da maioria dos países europeus, já para não falar do mundo.

publicado por Miguel Carvalho às 00:33 | comentar | favorito
tags:
24
Ago 10

Produção de renováveis cresce 90%

DGEG (não há link directo para a página):

A produção total de energia eléctrica, a partir de FER, registou um acréscimo de 90% no 1o semestrede 2010, relativamente a igual período de 2009.Para este crescimento continua a contribuir fortemente o comportamento da sua componente hídricaque, no 2o trimestre, ainda triplica a sua produção relativamente à verificada no trimestre homólogodo ano anterior.A produção eólica, no 1o semestre de 2010, cresceu 49% relativamente a igual período de 2009.

A incorporação de FER no consumo bruto de energia eléctrica (...) foi de 45% em 2009, e foi de 48,9% de Junho09 até Junho10 (valor corrigido segundo directiva europeia, o valor bruto foi de 49,6%).

A potência instalada de renovávies cresceu a um média de 9,21% anual de 2002 a 2009.

publicado por Miguel Carvalho às 12:25 | comentar | favorito
13
Jul 10

Energias renováveis, Portugal entre os melhores da Europa

O Eurostat destaca Portugal como sendo um dos países da UE onde a energia consumida mais provem de fontes renováveis. Em 2008, 10,3% da energia final consumida na Europa proveio de fontes renováveis, sendo que Portugal teve um valor bem acima da média com 23,2%, havendo apenas 4 países com valores superiores.

Mas Portugal não é só destacado por este valor alto, mas pelo esforço feito entre 2006 e 2008. Nesse período, Portugal foi o 4º país onde houve um maior aumento da fração de renováveis.

publicado por Miguel Carvalho às 15:24 | comentar | favorito