A probabilidade de um desempregado encontrar emprego é maior em Portugal, do que na média europeia

Eurostat:

O Eurostat começou recentemente a publicar relatórios sobre o estado do desemprego nos vários países da UE, e o último mostra um quadro positivo para os desempregados portugueses. Do 2º para o 3º trimestre de 2015 (os últimos dados disponíveis), 17,9% dos desempregados europeus conseguiram sair do desemprego. Este número foi maior em Portugal, cerca de 19,8%. Ou seja, foi mais fácil sair do desemprego em Portugal do que na média europeia.

Há ainda outro dado positivo; enquanto 16% dos desempregados portugueses, deixaram de ser considerados activos (seja por terem desistido de procurar emprego, seja por já não trabalharem há um logo período), este número foi mais alto na UE28 com 19,4%.

publicado por Miguel Carvalho às 14:43 | comentar | favorito
tags: