07
Fev 10

Portugal é 9º mundial no ranking da energia eólica

 Notícia do JN enviado pelo leitor PC

 

Portugal ocupa o sexto lugar na Europa e o nono a nível mundial de potência instalada de energia eólica, com 3.535 megawatts (MW), segundo a Associação Europeia da Energia Eólica.

A Alemanha e a Espanha lideram a potência instalada europeia, com 25.104 e 19.149 MW, sendo o total da União Europeia de 74,767 MW, ainda segundo as estatísticas da Associação Europeia da Energia Eólica (EWEA, na sigla inglesa), relativas a 2009.

A nível mundial, os 3.535 MW de potência cumulativa portuguesa representam 2,2 por cento do total, numa tabela liderada pelos Estados Unidos (35.159 MW, 22,3%), seguidos pela China (25.777 MW, 16,3%). 

 

Repare-se que está em nono sem contar com o tamanho  do país ou a produção de electricidade em causa.  Se contabilizarmos em percentagem da electricidade produzida, Portugal passaria certamente muitos países do TOP.

publicado por Miguel Carvalho às 22:40 | comentar | favorito
tags:
06
Jan 10

Portugal é segundo a nível de energia eólica em todo o mundo

 Segundo o Público, citando a  REN, 15% da electricidade produzida em Portugal em 2009 teve origem eólica. Estes valores são apenas ultrapassados na Dinamarca.

 

publicado por Miguel Carvalho às 13:27 | comentar | favorito
22
Dez 09

Electricidade em Portugal abaixo da média europeia, tanto particulares como empresas e e

Segundo o Eurostat, o preço final da electricidade em Portugal continua a ser mais baixo que a média europeia. O preço para as famílias é 9% abaixo da média comunitária, e 14% abaixo da Zona Euro.

Para a indústria a diferença é maior: menos 15% e menos 18% que a UE27 e a Zona Euro.

 

De notar ainda que Portugal tem a electricidade mais barata que a Espanha, com especial destaque para a indústria onde é 23% mais barata.

publicado por Miguel Carvalho às 16:36 | comentar | favorito
tags:
14
Set 09

Sector energético, o terceiro mais produtivo na UE

A produtividade do trabalho no sector energético,  em termos de valor acrescentado por trabalhador,  é o terceiro maior a nível da UE.

 

Eurostat

publicado por Miguel Carvalho às 15:55 | comentar | favorito
tags: