E outra vez, taxa de cobertura recorde

INE:

As exportações voltaram a dar um salto, mais 13,9% no trimestre Junho-Agosto 2011 face ao homólogo.

O défice da balança comercial voltou a diminuir, são agora menos 2 mil milhões de défice.

A taxa de cobertura das importações pelas exportações, chega de novo a um máximo histórico (pelo menos dos últimos 18 anos): 75,7%!

publicado por Miguel Carvalho às 17:56 | comentar | favorito