Lisboa, a capital mais segura da Europa

Quebro aqui a regra de só divulgar relatórios acabados de sair para aproveitar uma discussão com uma amiga que jurava a pés juntos que Lisboa era das cidades mais perigosas da Europa.

O UNICRI, a agência da ONU para investigação sobre o Crime e a Segurança, publicou um estudo em 2007 (dados recolhidos em 2005) sobre a segurança em várias cidades. Em vez de se basear em estatísticas, fez milhares de inquéritos perguntando se as pessoas tinham sofrido algum crime.

 

Entre todas as cidades europeias, Lisboa teve a taxa de vitimização (ter sido vítima de algum crime no último ano) mais baixa da Europa.

E não foi só graças a crimes como roubo de bicicletas (que obviamente não pode ser comparado entre cidades), mas crimes mais gerais. 4ª com menos assaltos a carros, um terço da média em roubo de motas, 1ª com menos assaltos a casas, 1ª com menos roubos (carteira, roupa, etc.), 3ª com menos carteiristas, 1ª com menos ameaças sexuais a mulheres, 2ª com menos ameaças físicas, 5ª com menos fraudes contra consumidores.

Em termos de corrupção, nomeadamente pedidos de subornos, Lisboa apesar de valores altos, está bastante abaixo da média, 1,1 face a 1,9.

 

O caso muda totalmente de figura - dando total razão a este blog - quando se deixa de perguntar sobre factos, e se passa a perguntar sobre receios e sobre suspeições. Aí, os Lisboetas saltam para o topo das listas, por exemplo em 4º lugar em receio de vir a ter a casa assaltada.

publicado por Miguel Carvalho às 22:00 | comentar | favorito
tags: