Vira o disco e toca o mesmo: exportações crescem mais que as importações pela 18ª vez

INE:

No período de Agosto a Outubro de 2010, as saídas de bens registaram face ao período homólogo (Agosto a Outubro de 2009) um aumento de 15,4% e as entradas de 7,1%, determinando um desagravamento do défice da balança comercial em 285,9 milhões de euros.

 

E bem a propósito, outra notícia do INE:

Em Outubro de 2010, as novas encomendas recebidas pelas empresas industriais registaram uma variação homóloga  de 12,5%, superior em 2,6 pontos percentuais à observada em Setembro. Esta aceleração do índice agregado reflectiu o comportamento do mercado nacional, cujas encomendas aumentaram 7,2% em Outubro (variação de  0,9% em Setembro). O mercado externo apresentou um aumento de 17,9% (...).

publicado por Miguel Carvalho às 13:05 | comentar | favorito