Internet: crianças e jovens portugueses estão entre os menos expostos a riscos

Fonte Público (não encontro o relatório original)

 

Portugal é um dos países com menor incidência de riscos online para crianças e jovens, abaixo da média europeia (12%), segundo resultados do inquérito inédito a mais de 23 mil crianças e jovens europeus entre os 9 a 16 anos.

Apenas 7 por cento das crianças e jovens portugueses declarou já se ter deparado com riscos como pornografia, bullying, mensagens de cariz sexual, contacto com desconhecidos, encontros offline com contactos online, conteúdo potencialmente nocivo gerado por utilizadores e abuso de dados pessoais.

publicado por Miguel Carvalho às 12:19 | comentar | favorito
tags: