Trabalhadores portugueses recebem a oitava maior fatia da riqueza criada

Segundo o anuário estatístico do Eurostat, tabela aqui, os trabalhadores portugueses são dos que recebem uma fatia maior da riqueza criada no país. Em 2009, receberam directamente 52,1% do PIB em forma de salários. Há apenas sete países na UE, onde os trabalhadores se podem gabar de receber mais. De notar que este valor tem tido uma ligeira tendência de aumento nos últimos anos. Em 2000 (primeiro ano na tabela) era de 49,3%, tendo aumentado mais ou menos desde então.

Comparando com países com economias semelhantes, Portugal fica claramente em primeiro lugar. Espanha, Itália e Grécia têm valores de 49%, 42,9% e 36,2% respectivamente.

publicado por Miguel Carvalho às 15:31 | comentar | favorito