Taxa de cobertura no comércio com a UE salta quatro pontos num só ano

O INE publicou um relatório sobre comércio externo comparando Nov09-Jan10 com o trimestre homólogo. As exportações portuguesas para a União Europeia cresceram 5,9%, ao mesmo tempo que as importações cairam 1,4%. Graças a esta variação tão díspar, a taxa de cobertura (a fracção das importações que é paga pelas exportações) teve uma melhoria muito forte, saltando de 55,8% para 59,9%.

Mas as boas notícias não se ficam pelo comércio com a UE (que representa cerca de dois terços do total), a nível global as exportações também cresceram (2%) e as importações desceram (2,5%).

publicado por Miguel Carvalho às 09:30 | comentar | favorito