Banco de Portugal revê crescimento económico em fortíssima alta

E  de repente o Banco de Portugal deixou de prever -0,6% de recuo em 2010, para um crescimento de 0,7%.

As previsões para o ano que acabou também foram revistos em alta, de -3,5% para -2,7%.

publicado por Miguel Carvalho às 16:18 | comentar | favorito
tags: