O prometido é devido nos subsídios sociais

Segundo o Eurostat, quase todos os países europeus dão como uma mão e tiram com outra no que toca a benefícios sociais. Alguns subsídios recebidos são depois taxados ou "re-cobrados" pelo estado. Portugal cobra neste campo menos que a média europeia.

Com estes dados é possível calcular os benefícios sociais líquidos, ou seja os realmente recebidos, em percentagem do PIB.  Portugal dá 23% líquidos do PIB em apoios sociais, ficando assim em 8º lugar no país mais solidários entre os 27.

publicado por Miguel Carvalho às 12:40 | comentar | favorito