20
Set 13
20
Set 13

O gasóleo em Portugal custa menos 7,5 cêntimos que a média

Comissão Europeia:

Os últimos números da Direção Geral de Energia da Comissão Europeia mostra que o preço médio do gasóleo em Portugal está 7,5 cêntimos abaixo da média europeia, 1.405€ contra 1.4755€ por litro. Na Espanha o preço é praticamente igual (0,8 cêntimos abaixo), tal como na Grécia (1 cêntimo acima). Os automobilistas italianos pagam contudo 27,5 cêntimos a mais do que nós!

A gasolina por cá está também mais barata que a média europeia, se bem que apenas ligeiramente: 1,592€ contra 1,597€. Se compararmos apenas com os países do Euro, então por cá temos um desconto superior a 3 cêntimos por litro. Tambem aqui ficamos a perder para os espanhóis mas a ganhar para os italianos e os gregos.

publicado por Miguel Carvalho às 13:53 | comentar | favorito
tags:
13
Set 13
13
Set 13

Apenas a Estónia criou mais emprego

Eurostat:

As estatísticas do desemprego são muitas vezes criticadas por esconderem algum... "desemprego". Isto porque a definição de desempregado é alguém que está à procura de trabalho e não encontra. As pessoas que desistem de procurar, ou as pessoas que emigram, desaparecem do desemprego. Quando mais gente desistir e emigrar, mais o desemprego cai!

Ora este problema não acontece se olharmos para o número de pessoas com emprego, que o Eurostat acaba de publicar. No segundo trimestre de 2013, Portugal foi o segundo país que mais emprego criou, um aumento de 0,8% em relação ao trimestre anterior. O número pode parecer baixo, mas compare-se com a média da Zona Euro, que foi -0,1%, e o caso muda de figura. Apenas  a Estónia conseguiu um valor melhor.

publicado por Miguel Carvalho às 17:38 | comentar | favorito
tags:
03
Set 13
03
Set 13

Portugal é o país europeu onde o desemprego mais cai

Eurostat:

A notícia já tem 3 dias, mas só agora pude dar uma olhada: o desemprego caiu em Portugal segundo o Eurostat.

Isto foi o que disse a imprensa, mas há mais boas notícias no último relatório sobre o emprego. De junho para julho (os meses recentes para os quais há dados), Portugal teve a maior queda em toda a Europa, menos 0,2 pontos percentuais. Mas esta forte queda não é um episódio isolado. Comparando abril com julho, Portugal tem uma fortíssima queda do desemprego, de 0,8 pp. Apenas a Suécia se aproximou com -0,5pp, tendo a Bulgária e a Dinamarca ficando a uns distantes -0,3pp. A nível europeu, o desemprego esteve constante neste período.

publicado por Miguel Carvalho às 11:13 | comentar | favorito