Taxa de cobertura em valores record, 86%, no comércio internacional de bens

INE:

As exportações de bens aumentaram 3,1% e as importações de bens diminuíram 2,7% no trimestre terminado em  abril de 2013, face ao período homólogo (fevereiro de 2012/abril de 2012), tendo-se verificado uma redução do défice da balança comercial no montante de 730,1 milhões de euros.

 

O défice comercial nos bens (nos serviços, Portugal tem exportações bem superiores às importações) é agora apenas de 1990 milhões de euros. Para se ter uma noção deste valor, há menos de dois anos eu escrevia isto:

"Isto implica um desagravamento fortíssimo do défice da balança comercial, de 5280 passámos para 3880 milhões de euros." Os valores de hoje são metade da boa notícia da altura.

publicado por Miguel Carvalho às 11:51 | comentar | ver comentários (3) | favorito