06
Out 11

Lisboa, a grande cidade mais segura do mundo

ONU

 

Os dados oficiais sobre crimes são muitas vezes vistos, e bem, com desconfiança. Quantos assaltos, roubos a casa, até violações, não são declaradas à polícia todos os anos? Por isto há essencialmente dois tipos de dados sobre crimes a que eu costumo dar atenção: taxas de vitimização (inquéritos feitos aleatoriamente onde se pergunta se uma pessoa foi vítima de algum crime, não se põe portanto o problema de não haver declaração) e dados oficiais sobre homicídios porque, salvo raríssimas excepções, os homicídios são sempre declarados à polícia, dada a sua natureza.

No primeiro caso, Lisboa tem excelentes resultados tendo a menor taxa de vitimização na Europa, como já escrevi aqui.

 

Para o segundo caso, saíram há dias dados da ONU no seu Global Study on Homicide. A ONU pega na maior cidade de 112 países diferentes, e calcula a taxa de homicídios (número homicídios por número de cidadãos). Lisboa tem a taxa mais baixa de todo o mundo! E está lá Tóquio, Oslo, Helsínquia, Amesterdão, Berlim, Auckland, Toronto etc. e todas essas cidades que julgaríamos mais seguras que Lisboa.

 

Portugal no seu todo também se safa bastante bem. Com uma taxa de 1,2 homicídios por cada 100 mil habitantes, fica melhor que Canadá, Chile, Finlândia,Bélgica, França, Luxemburgo, Nova Zelândia, etc. e empata com Irlanda, Reino Unido e Austrália.

 

publicado por Miguel Carvalho às 15:04 | comentar | favorito
tags:
06
Out 11

Vendas do comércio português contrariam descida europeia

Eurostat

Enquanto o volume de comércio a retalho diminui 0,3% na Zona Euro, e 0,2% na União Europeia, Portugal foi dos poucos países onde houve um crescimento. De Julho para Agosto houve um aumento de 0,8% nas vendas do comércio português, sendo já o terceiro mês consecutivo onde Portugal tem um crescimento acima da média europeia.

publicado por Miguel Carvalho às 14:42 | comentar | ver comentários (1) | favorito
tags: