31
Ago 11
31
Ago 11

Desemprego volta a cair em Portugal

Eurostat:

Depois de ter caido em Junho, o desemprego voltou a descer em Portugal em Julho para 12,3%, uma queda de 0,2pp. Neste período houve uma manutenção do nível de desemprego na Europa.

Portugal fica assim melhor posicionado que outros países periféricos que têm estado sobre atenção. Espanha está nos 21,2% (tendo subido) e Irlanda nos 14,5% (subiu também). O último valor que existe para a Grécia era 15,0%.

Destaque ainda para a forte queda do desemprego entre os jovens, que caiu 2 pontos percentuais nestes dois meses, enquanto a média europeia descia apenas 0,2pp.

publicado por Miguel Carvalho às 14:12 | comentar | favorito
09
Ago 11
09
Ago 11

Comércio internacional com desemprenho brilhante em Junho: o défice caiu 1300 milhões e a taxa de cobertura volta a bater recordes

INE:

Dificilmente poderiam ser melhores as notícias do INE sobre o comércio externo. No trimestre terminado em Junho (o INE agrega sempre trimestres para evitar flutuações), as exportações cresceram fortemente, 17,4%, face ao trimestre homólogo. As importações por sua vez, apenas cresceram 1,9%. Isto resultou numa enorme diminuição do défice da balança comercial, em mais de 1300 milhões de euros. A taxa de cobertura está agora nos 71,6%, tendo subindo dos 62,6% de há um ano atrás. Se em Maio, quando a valor estava nos 70,3%, já se estava a bater um recorde de 14 anos, agora a notícia é certamente melhor!

Curiosamente, e apesar da subida do petróleo, até a taxa de cobertura do comércio com países fora da UE cresceu!

 

Vergonhosamente, a nossa imprensa económica pela mão de Mónica Silvares, consegue deturpar das melhores notícias económicas que tivemos nos últimos anos, pintando a coisa de negro. Já mete nojo.

publicado por Miguel Carvalho às 15:39 | comentar | favorito
01
Ago 11
01
Ago 11

Portugal com maior descida de desemprego na Europa

Eurostat

De Maio para Junho a taxa de desemprego desceu 0,2 pontos percentuais em Portugal, tendo sido o maior decrescimento em toda a UE. O desemprego manteve-se aliás constante na UE, enquanto descia em Portugal.

De sublinhar ainda que Portugal com 12,2% tem o desemprego mais baixo dos 4 PIGS, Espanha sendo o pior com 21,0%.

publicado por Miguel Carvalho às 21:38 | comentar | favorito