30
Jul 10
30
Jul 10

Desemprego cai em Portugal

Segundo as previsões do Eurostat para o desemprego em Portugal, a taxa de desemprego caiu em Portugal em Junho para 10,8%.

Há que sublinhar que estes dados são ajustados à sazonalidade, ou seja esta queda não se explica pelo facto de haver normalmente mais empregos no Verão.

publicado por Miguel Carvalho às 13:43 | comentar | favorito
16
Jul 10

Desigualdade volta a diminuir

INE

As principais medidas de desiguldade de rendimentos voltaram a cair em 2009 (pelo menos) pelo terceiro ano consecutivo. O índice de Gini e o rendimento dos 20% mais ricos face aos 20% mais pobres caíram consecutivamente desde 2006 (o primeiro ano no relatório). O segundo indicador, por exemplo, caiu de 6,7 para 6,0.

 

O risco de pobreza também caiu, de 18,5% para 17,9%.

publicado por Miguel Carvalho às 00:41 | comentar | favorito
tags:
16
Jul 10

Maior redução do abandono escolar em toda a Europa

TSF

Segundo o Eurostat, o abandono escolar precoce em Portugal era de 46,6 pontos percentuais em 1998, passando para 41,2 em 2003, 38,8 em 2005, 39,1 em 2006, 36,9 em 2007 e 35,4 em 2008. O abandono escolar desceu assim quase 13,7 pontos percentuais em dez anos em Portugal, sendo mesmo a redução mais acentuada em toda a União Europeia.

 

publicado por Miguel Carvalho às 00:24 | comentar | ver comentários (2) | favorito
13
Jul 10
13
Jul 10

Energias renováveis, Portugal entre os melhores da Europa

O Eurostat destaca Portugal como sendo um dos países da UE onde a energia consumida mais provem de fontes renováveis. Em 2008, 10,3% da energia final consumida na Europa proveio de fontes renováveis, sendo que Portugal teve um valor bem acima da média com 23,2%, havendo apenas 4 países com valores superiores.

Mas Portugal não é só destacado por este valor alto, mas pelo esforço feito entre 2006 e 2008. Nesse período, Portugal foi o 4º país onde houve um maior aumento da fração de renováveis.

publicado por Miguel Carvalho às 15:24 | comentar | favorito
07
Jul 10
07
Jul 10

Notícias que dão razão de ser a este blog (2)

Um dos blogues que sigo diariamente, o Economia & Finanças, tinha ontem o seguinte texto:

 

(...) digam lá se o que vem nesta notícia não vai totalmente contra o senso comum? Ainda assim, não há motivos para duvidar das estatísticas (destas pelo menos). (...)

” (…) Portugal surge em 14º lugar entre os 27 da UE com a carga fiscal mais elevada e abaixo da média, quer da UE (39,3%) quer da Zona Euro (39,7%).

Ora, segundo o Eurostat isto aconteceu sistematicamente nos últimos 15 anos (período que consta na base de dados). Como é que um dos blogs económicos mais lidos do país, que está constantemente em cima das últimas informações, pode afirmar que isto vai contra o senso comum?

E o problema não é do blog em causa, é mesmo do senso comum.

 

 

Notícias que dão razão de ser a este blog (1)

publicado por Miguel Carvalho às 12:45 | comentar | ver comentários (4) | favorito
tags:
06
Jul 10
06
Jul 10

Vendas da indústria ao estrangeiro aumentam 21,6%

INE

Volume de Negócios na Indústria aumenta ritmo de crescimento


Em Maio de 2010, as vendas na indústria registaram, em termos homólogos, uma variação de 13,8% (11,2% em Abril), reflectindo comportamentos semelhantes ocorridos em ambos os mercados, nacional, com uma variação de 9,8% (6,7% no mês anterior) e externo, com 21,6% (19,9% no mês precedente).

publicado por Miguel Carvalho às 16:02 | comentar | ver comentários (2) | favorito
02
Jul 10
02
Jul 10

Portugal com o desemprego mais baixo entre os PIGS

Em Maio o desemprego em Portugal encontrava-se nos 10,9%, nos dados do Eurostat (ajustados para a época). Embora altos, este era o valor mais baixo entre os 4 países que têm estado na atenção dos mercados financeiros. Os últimos dados da Grécia são de Março, estando então nos 11,0% (quando por cá era de 10,6%), na Irlanda nos 13,3% e na Espanha nos 19,9%, ambas em Maio.

publicado por Miguel Carvalho às 10:43 | comentar | favorito
01
Jul 10
01
Jul 10

Do INE

1. Indice da Produção Industrial não só cresce como acelera em Maio.

2. Negócios no Comércio a Retalho aumenta 1,2% em Junho.

3. Clima económico continuou a aumentar em Junho, chegando ao melhor valor desde há quase dois anos.

 

publicado por Miguel Carvalho às 16:22 | comentar | favorito
tags: