Prestação da casa continua a descer

Fonte INE

 

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação fixou-se, em Agosto, no valor médio de 2,547%, o que representou uma diminuição mensal de 0,223 pontos percentuais (redução acumulada de 3,430 pontos percentuais desde Dezembro de 2008), atingindo novo valor mínimo de toda a série disponibilizada. O valor médio da prestação vencida fixou-se em 268 euros, diminuindo 6 euros relativamente ao mês anterior (redução acumulada de 101 euros desde o início do ano). A taxa de juro implícita nos contratos celebrados nos últimos 3 meses recuou 0,122 p.p., para um valor de 2,450%.

 

publicado por Miguel Carvalho às 15:34 | comentar | favorito
tags: