Apenas a Estónia criou mais emprego

Eurostat:

As estatísticas do desemprego são muitas vezes criticadas por esconderem algum... "desemprego". Isto porque a definição de desempregado é alguém que está à procura de trabalho e não encontra. As pessoas que desistem de procurar, ou as pessoas que emigram, desaparecem do desemprego. Quando mais gente desistir e emigrar, mais o desemprego cai!

Ora este problema não acontece se olharmos para o número de pessoas com emprego, que o Eurostat acaba de publicar. No segundo trimestre de 2013, Portugal foi o segundo país que mais emprego criou, um aumento de 0,8% em relação ao trimestre anterior. O número pode parecer baixo, mas compare-se com a média da Zona Euro, que foi -0,1%, e o caso muda de figura. Apenas  a Estónia conseguiu um valor melhor.

publicado por Miguel Carvalho às 17:38 | comentar | favorito
tags: